T69 - Janeiro 22
Dois cafés & a conta

T

Ajustes de cor
No processo manual tem muitas vezes que se refazer uma cor duas e três vezes, com gastos em água
Uma via rápida
A KIOSK by MaSo.Solutions permite antecipadamente e em ambiente virtual controlar todo o processo de cor
MaSo Studio: Manuel Ferreira e Tomás Soeiro

Gostam de dizer que foi a cor que os juntou, mas à medida que vão explicando percebe-se que aquilo que verdadeiramente os associou foi, afinal, a dor.

A
A

s dores de Manuel com as constantes dificuldades na gestão e afinação das cores na empresa têxtil onde trabalhou durante uma década, que por sua vez se transmitiam a Tomás, fornecedor de máquinas e material, constantemente chamado a resolver problemas. Uma dor de cabeça para ambos, que os levou a pensarem numa solução permanente. Para eles e para a generalidade das empresas que lidam com processos de cor.

Foi precisamente com esse propósito que criaram a MaSo Studio, que além de os juntar no nome – Manuel e o Soeiro (o apelido do Tomás) -, juntou também o conhecimento e experiência de ambos sobre a matéria. “O Tomás conhecia todos os problemas, as dores dos seus clientes a lidar com os processos de cor, e eu, que sofria todos os dias, desafiei-o para idealizarmos um cenário perfeito para as empresas que lidam com cor”, explica Manuel Ferreira.  

E o que fizeram foi criar uma plataforma – a KIOSK by MaSo.Solutions – que, de forma automatizada e sem riscos, condensa e normaliza toda uma série de etapas do processo de cor. “Uma via rápida para a impressão”, como simplificam, já que permite antecipadamente e em ambiente virtual controlar todo o processo e todas as variáveis. “Quando passa para a produção já vai com a segurança do processo correto”, asseguram.

“Nas empresas há sempre uma grande resistência à mudança, a ideia de que os impressores são artistas, a falsa segurança de que é assim porque sempre foi assim que se apendeu e sempre se fez assim. Mas não tem que ser sempre assim, a indústria tem que estar mecanizada e ser eficiente”, expõe Tomás Soeiro, dando conta de que é preciso conhecer as características dos produtos, dos substratos e das máquinas. 

E o que a plataforma faz é unificar todos os parâmetros. “Otimiza recursos, humanos inclusive, e ajuda a indústria a ser mais eficiente e ecológica”, avança Manuel, explicando o que se passa com as tradicionais cozinhas de cor: “o processo tem muitas vezes que se refazer duas e três vezes, com um consumo brutal de água e energia. Produções inteiras repetidas, o que faz com que a sustentabilidade não passe em muitos casos apenas de uma ideia”.  

Além da gestão de expectativas – o cliente sabe à partida o que é possível fazer – a aplicação web permite que o processo seja afinado em conjunto, por qualquer pessoa e em qualquer parte do mundo. “Com a KIOSK, um designer que está em Nova Iorque ou na Austrália pode acompanhar o processo, testar várias opções e tomar a decisão. Quando vai para a impressão todos os parâmetros estão definidos”, exemplifica, dando conta que sem a aplicação tudo se faz na base da tentativa e erro e que para a conformação ou se vão trocando amostras ou o cliente tem que se deslocar à empresa. “Daí que seja mesmo uma via rápida para a cor”, remata. 

Fruto da experiência de ambos e dos problemas vividos, os fundadores da MaSo confessam que não foi difícil chegar à solução, o principal desafio foi mesmo desenvolver o modelo com os programadores informáticos. A versão funcional ficou pronta em junho e desde aí a missão tem sido espalhar a boa-nova.  

Ao mesmo tempo que avançaram com outro projecto, um sistema de rastreabilidade de processos e produtos capaz de fornecer aos consumidores uma etiqueta – em QR Code – que dá conta de todo o percurso que envolveu toda a cadeia de produção. Saber de onde vem e toda a intervenção que teve, para chavões como ecologia, sustentabilidade e circularidade tenham conteúdo real. Utiliza tecnologia blockchain, que valida todas as informações, mas quem quiser saber mais sobres esta novidade o melhor é reservar já uma entrada para o MODTISSIMO (Exponor, 16 e 17 de fevereito). Foi o palco que os fundadores da MaSo Studio escolheram para dar a conhecer o projecto, bem como toda a informação sobre a plataforma  KIOSK by MaSo.Solutions.

Perfil

Manuel faz maratonas, Tomás pratica enduro e até já fez parte da seleção nacional de downhill, pelo que endurance e pedalada não lhes falta. Mas o que os juntou foi mesmo o propósito de encontrarem uma solução resolver os processos de cor nas empresas, que tantas dores de cabeça lhes deram, embora partissem de diferentes posições. Com formação técnica na área do audiovisual (Politécnico do Porto), Manuel foi parar a uma das gigantes dos acabamentos têxteis, enquanto o curso de gestão e negócios internacionais (IEFS) o levou Tomás até ao negócio das máquinas para os sistemas de cor. É nos filhos que Tomás leva a dianteira, com dois (Aurora, 3 anos, e Tomás (11 meses), conta um do Manuel, o Mateus, que aos 8 anos já quer ser tenista.

RESTAURANTE
Sala de reuniões do Centro de Incubação do Porto, da ANJE

Bebidas Dois café e uma água mineral

Partilhar