De se lhe tirar o chapéu

Quando Francisco Baião abriu, em 1897, a Chapelaria Centro da Moda era impensável que alguém, homem ou mulher, pusesse o pé fora da soleira da porta sem um chapéu posto na cabeça. Hoje em dia as coisas estão bem diferentes, mas é com alegria que o atual proprietário, José Baião – neto de Francisco e a terceira geração da família a ocupar-se do negócio, sucedendo ao pai, Luis Baião – verifica que a moda dos chapéus tem vindo a erguer-se novamente nos últimos anos. E parece estar para ficar

LER MAIS
T58 - Novembro 2020

A maré trouxe-a para Norte

“Percebi logo que o passo seguinte era abrir uma loja no Porto, porque adoro a cidade e as pessoas. A cidade está muito ligada à área têxtil portanto queríamos apostar forte e ganhar novos clientes no Norte do país”, revelou ao T Ana Penha e Costa, a mentora da +351

LER MAIS
T57 - Outubro 2020

The next big thing

"Não se trata de ter a The big thing mas sim The next big thing, aquela que ainda ninguém descobriu ou deu oportunidade”, explica Edgar Ferreira, um dos fundadores da The Feeting Room

LER MAIS
T56 - Setembro 2020

Um tiro certeiro

Inaugurada em 2016 no Bairro Alto, em Lisboa, a Son of a Gun deu o salto para o Porto dois anos depois, numa estratégia de crescimento e de afirmação da marca no paronama do streetwear em Portugal

LER MAIS