Uma veia comunicativa
“Sempre fui muito comunicativa, adorava estar rodeada de amigos e primos e de encenar espetáculos"
T63 – Susana Cunha Guimarães
T63 - Maio/Junho 2021
Emergente

T

A parceria com a Somelos
"Com os tecidos e confecção da Somelos, a marca ganha novos objetivos e dimensão”

Susana Cunha Guimarães, mentora da Cotton Moon apresenta-se como uma pessoa comunicativa, que adora rodear-se de amigos e primos e desde pequena que se lembra de encenar espetáculos.

A
A

ceite-se o desafio de a comparar com as princesas e protagonistas dos contos infantis e temos um misto de Pipi das Meias Altas, ousada e imprevisível e de Bela Adormecida, fruto da educação exímia que recebeu e a fez frequentar alguns dos melhores colégios do Porto.

Ficção à parte, o certo é que por onde passa Susana Cunha Guimarães é notada. “Sempre fui muito comunicativa, adorava estar rodeada de amigos e primos e gostava imenso de encenar espetáculos e coisas do género”, recorda Susana, que chegou a frequentar uma formação de Teatro em Londres.

Nunca chegou a subir a palcos como atriz mas rapidamente conseguiu aplicar algumas dessa aprendizagem no Porto Canal, onde trabalhou durante quase 15 anos como jornalista e apresentadora. “ O Porto Canal está no meu coração para sempre, mas houve um momento em que senti que precisava de agarrar novos desafios e seguir sonhos antigos”, confessa Susana que é também uma fervorosa adepta do FC Porto.

Foi assim que em 2020 surgiu a ideia de criar aquela que viria a ser a Cotton Monn, uma marca de pijamas e camisas de noite para crianças que alia a qualidade dos tecidos nacionais às tradições familiares. “Começou tudo como uma brincadeira entre mim e a Filipa Campos, a minha sócia”, conta.

Foi em Vila Nova de Cerveira, onde Susana passa parte das férias de verão com a família desde criança, que as jovens empreendedoras deram início ao negócio quando se aperceberam que existia uma lacuna de pijamas e camisas de noite clássicas no mercado nacional. Ambas tinham já o hábito de ir à feira de Cerveira comprar tecidos para pedir a uma costureira que os transformasse em pijamas para os seus filhos.

“Houve um dia em que eu disse à Filipa: espera lá isto é um negócio porque as nossas amigas também têm este problema”, admite entre risos Susana que, no seu jeito enérgico rapidamente “mexeu os cordelinhos” para fazer nascer a Cotton Monn.

Neta de um grande industrial têxtil – o avó Cunha de Guimarães é ainda hoje homenageado em Pevidém, Guimarães, de onde era natural – e filha de uma empresária do sector, foi para Susana natural trazer ao de cima a sua até então algo escondida veia têxtil.

De contacto em contacto chegou até à Somelos, que prontamente abraçou o projeto o que “elevou a fasquia da nossa marca que, com os tecidos e confecção da Somelos, ganha novos objetivos e dimensão”.

A marca foi apresentada em Março de 2020 e tem já nos seus sonhos a internacionalização, nomeadamente para os mercados europeu e norte-americano. “Acreditamos muito no valor e na qualidade dos nossos artigos e estamos confiantes que vão penetrar bem no mercado internacional”, assume Susana que, pelo menos para já, deixa pais e filhos a sonhar acordados.

Cartão Do cidadão

Família vive com marido, Pedro, e os filhos Santiago e “Pedrinho”, com 12 e 2 anos Casa Apartamento nos Pinhais da Foz, no Porto Carro Volvo V60 Portátil MackBook Air Telemóvel Iphone X Hobbies Passar o tempo em família, almoçar com as amigas e praticar desporto Férias Não prescinde das estadias em família em Cerveira e o período verão no Algarve, “mas sem dúvida o meu destino de eleição é a Índia onde já fui umas oito vezes” Regra de Ouro “Quem não arrisca, arrisca”

Partilhar