João Costa

ANO DE 2021: CONDICIONAMENTOS E EXPETATIVAS

1 O agravamento do estado da pandemia veio adensar as ameaças à recuperação da economia que se perspetiva para 2021, depois da acentuada quebra do PIB no ano anterior. A inevitável extensão das condições de confinamento e o encerramento do comércio de loja – principalmente em centros comerciais -, determinará uma nova quebra na atividade económica e também na do Setor Têxtil e Vestuário, em especial pelo enfraquecimento das exportações. Embora o aumento da vacinação deva mitigar – e eliminar, espera-se -, esta situação epidémica, só a partir da segunda metade do ano, se tudo correr bem, se poderá contar com um alívio sustentado das condições de contágio e com a retoma progressiva, com relativa segurança, do estado de normalidade usual.
LER MAIS