T43 - Maio 19
Loja

As voltas que a vida dá

Às voltas com a vida, foi após uma viagem ao Brasil que Inês Pinheiro descobriu a sua veia de comerciante. Juntou-se à tia, Paula Andrade, e juntas abriram a Bombarda 498, uma boutique de rua onde se vende muito mais do que roupa.

Cláudia Azevedo Lopes

Não estava nos planos de Inês Pinheiro ser lojista. A prova disso é o passado académico bem distante da vida de comerciante que agora leva. No entanto, e como geralmente acontece, os planos para a vida são substituídos pelos planos que a vida tem para cada um de nós. E a vida de Inês Pinheiro quis que ela trocasse o curso de Design Gráfico, na Escola Superior de Belas Artes, no Porto, por Linguística, na Faculdade de Letras.

Assim como quis que, pouco antes de ela acabar o curso e se dedicar ao jornalismo, fosse de férias até ao Rio de Janeiro. Regressou cheia de biquínis que comprou para ela e para as amigas e postou as fotos no Facebook. Os pedidos de amizade que se seguiram fizeram-na despertar para a oportunidade de negócio que tinha em mãos e começa o seu primeiro projeto, a Favela do Biquíni. Adeus jornalismo!

Ao mesmo tempo, também a tia, Paula Andrade, se estabelecia com uma loja que fazia a representação em Portugal da Tanya Heath, a marca francesa de sapatos com tacões amovíveis que se tornou mundialmente conhecida após ter aparecido num episódio do Shark Tank.

Decidiram juntar-se e criar a Bombarda 498, uma boutique de rua onde pode encontrar tudo que precisa para se vestir dos pés à cabeça – roupa, swimwear, sapatos e acessórios.

“O que nos levou a abrir esta loja foi a nossa veia de empresárias, que é comum às duas. Queríamos abrir uma loja diferente, para fugir à oferta das grandes superfícies, onde o cliente não tem nenhum tipo de curadoria dos artigos nem acompanhamento durante a compra”, revela Inês Pinheiro.

A Favela do Biquíni e a Tanya Heath são duas das marcas presentes na Bombarda 498, tal como a Flutua, uma marca de fatos de banho portuguesa, a Rhithm, a Normcore, e a The Corner. No entanto, a cada visita é muito provável encontrar outros nomes totalmente diferentes – o foco da loja são as peças e não as marcas.

“Nunca quisemos estar presas a marcas nem a nenhuma coleção. A ideia é mesmo ter sempre coisas novas – pouca quantidade mas grande rotatividade. Todas as semanas temos novidades. Andamos sempre à procura de novas peças para introduzirmos na loja, tanto em viagens que fazemos como em Portugal”, explica Inês.

“Escolhemos as peças de acordo com o nosso gosto, com as quais nos identificamos. É por isso também que preferirmos peças variadas e não uma coleção inteira. Porque aí ficamos presas ao look de determinada marca e não é isso que queremos. Queremos que a curadoria seja feita à nossa medida, ao nosso estilo”, completa.

Um estilo que já se tornou na imagem de marca da Bombarda 498. “Temos clientes que vêm cá precisamente por causa da nossa opinião, da nossa ajuda. Vendemos roupa sim, mas juntamente fornecemos mais do que roupa: fornecemos um serviço de styling. Essa confiança do cliente é muito importante”, revela Inês, a prova viva de que por muitas voltas que a vida dê, acaba sempre por nos levar ao sítio onde devemos estar.

A Loja

Bombarda 498
Rua Miguel Bombarda, 498
4050-378 Porto

Ano de abertura 2016 Produtos Roupa, sapatos, swimwear e acessórios Conceito Boutique de rua com atendimento personalizado, da escolha das peças ao serviço de styling Estilo Eclético, “temos tanto adolescentes como pessoas com 60 anos”

Partilhar