A cortesia não ocupa lugar
T57 - Outubro 2020
Cantinas do Serrão

Manuel Serrão

No Cortesia, fundado pelo jovem casal Pedro Fonseca e Sara Martins, Manuel Serrão encontrou uma cozinha mediterrânea de pratos reinventados e inovadores, com sabores únicos evidenciados pela frescura e qualidade

O que o povo está mais habituado a dizer é que o saber não ocupa lugar. Daí que ler mais para saber mais não tenha lotação conhecida, nem sequer em tempos de Covid. Mas se pensarmos bem, da cortesia pode dizer-se o mesmo, porque nunca corremos o risco de ter cortesia a mais. Ser cortês, como ser poeta, é ser mais alto, é ser maior do que os homens.

Já o novel restaurante Cortesia ocupa um lugar bem determinado na freguesia de Balasar, concelho da Póvoa de Varzim, e pelo que descobri recentemente pela mão de uma querida amiga, é uma ocupação meritória, irreverente mas não selvagem.

O restaurante Cortesia Cozinha Mediterrânea, abriu dia 8 de junho, num espaço com decoração contemporânea, moderna e confortável.

De deixar água na boca
"Numa primeira visita apostaria no risotto de camarão tigre, no polvo abraseado e nas bochechas de ibérico"
A visita começa logo prazenteira ao sermos recebidos pelo jovem casal fundador deste Cortesia (que não dá cortesia em geral…) Pedro Fonseca e Sara Martins.

A sua cozinha inspira-se na cozinha mediterrânea e primordialmente na cozinha portuguesa, com objetivo de entregar ao mercado pratos reinventados e inovadores, com sabores únicos evidenciados pela frescura e qualidade. Pelo que vi e cheirei acho tudo muito recomendável mas para uma primeira visita apostaria no risotto de camarão tigre, no polvo abraseado e nas bochechas de ibérico. Rematando com um pudim Abade de Priscos que é realmente original e bom para quem não gosta de doces…muito doces.

RESTAURANTE
Restaurante Cortesia

Largo da Fonte Nova 92

4570-029 Fontainhas – Póvoa de Varzim

Partilhar