T65 - Setembro
Empresa

T65 – “Queremos, e somos, diferenciadores e sustentáveis”

Somos das poucas empresas portuguesas que apresentam publicamente o seu relatório de sustentabilidade, dividimos os lucros com os funcionários, etc. Queremos, e somos, de facto, diferenciadores e sustentáveis”, avança João Paulo Barbosa, CEO da SOURCETEXTILE.

T

São apenas quinze anos de existência, mas as histórias, os sucessos e os prémios arrecadados denunciam uma maturidade empresarial acima da média. Pelo percurso da SOURCETEXTILE , que se assume como uma marca de private label para o segmento médio alto, encontramos por exemplo o Prémio de Economia Circular, conquistado em 2019, as mais prestigiadas certificações na área da sustentabilidade (OEKOTEX 100, STEP BY OEKOTEX E GOTS) e a apresentação anual do Relatório de Sustentabilidade no site da empresa.
“Nascemos com essa responsabilidade ambiental já bem marcada. Somos das poucas empresas portuguesas que apresentam publicamente o seu relatório de sustentabilidade, dividimos os lucros com os funcionários, etc. Queremos, e somos, de facto, diferenciadores e sustentáveis”, avança João Paulo Barbosa, CEO da SOURCETEXTILE .
Acontece que a boa base ambiental e a responsabilidade social são apenas um dos alicerces da sustentabilidade global desta empresa de sourcing sediada em Celeirós, Braga. Com um sólido crescimento anual a dois dígitos, esta empresa 100% exportadora – com especial relevo para os mercados nórdicos (Suécia e Dinamarca), francês e alemão – a SOURCETEXTILE nasceu em 2006 numa pequena fábrica com 280 m2 e cresceu para o que são hoje umas instalações modernas e de alto sentido estético com 2200 m2. Também elas já pequenas para as atuais necessidades.
“Em 2020 crescemos acima de 15%. Foi um óptimo ano para nós”, revela João Paulo Barbosa, que pretende num futuro próximo abraçar também o mercado norte-americano e reforçar o posicionamento na produção de têxteis técnicos para moda.
Mas nem tudo são rosas no percurso desta empresa. Para chegar onde se encontra a SOURCETEXTILE teve que “pagar para aprender”. Literalemente!
“Em 2007, ainda estávamos a dar os primeiros passos, fomos vítimas de uma burla de 84 mil euros por parte de um agente. Na altura equacionei tudo e fui totalmente transparente com os meus colaboradores”, recorda o CEO. “O apoio que tive dos meus fornecedores, colaboradores e agentes, fez-me querer continuar e aprender com os erros”, explica João Paulo, que antes de criar a própria empresa trabalhou durante décadas numa empresa do sector onde se iniciou com 21 anos nos embalamento e saiu como comercial.
“Aprendemos com os erros e foram eles que nos permitiram crescer com solidez. Percebemos que o cliente vêm a Portugal pela mão de obra qualificada: desenho, serviço e inovação são os nossos fatores críticos de diferenciação, aliados à sustentabilidade”, sintetiza.

A Empresa

SOURCETEXTILE, Lda
Av. Engº José Rolo, Lt F2
4705-414 Celeirós, Braga

O que faz? Desenvolve, cria e confecciona artigos de vestuário em malha para homem e mulher, com especial enfoque no sportswear e casualwear Exportações 100% da produção, com destaque para os mercados nórdicos Área produtiva 2.200 m2 Plantel 70 trabalhadores diretos e 220 indiretos

Partilhar