11 Outubro 18
INE

T

Exportações para Itália e China sempre a crescer

Itália e China continuam a destacar-se como os destinos onde mais crescem as exportações da nossa ITV. Até Agosto, e comparativamente com o ano transacto, o país transalpino foi aquele que mais cresceu em termos absolutos, cerca 56,7 milhões de euros para um avanço de 36%, enquanto gigante asiático, com um crescimento de 73%, quase duplicou as compras de têxtil português.

De acordo com os dados agora divulgados pela ATP- Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, com base nas estatísticas do INE, “os Países Baixos também se destacam com o segundo maior crescimento em termos absolutos, registando um valor de 19,5 milhões de euros e um percentual de 14,6%”, como refere o comunicado assinado pelo presidente da associação, Paulo Melo.

Fora de Europa, e além da China, para onde as vendas cresceram 17,7 milhões de euros, destaque também para os Estados Unidos com um aumento de 7,3 milhões de euros, ou seja, 3,6% em termos relativos.

Com o grosso das exportações da ITV centradas na EU (83%), a Espanha com mantem-se como o principal destino (32%), seguindo-se a França (13%), Alemanha (9%) e Reino Unido (8%). Com os mesmos 6% que a Itália, os EUA são o primeiro destino das nossas exportações têxteis para fora da Europa.

Em termos absolutos, nos primeiros oito meses do ano as exp+ortações da ITV mantêm o ritmo de crescimento (2,3%) que tem sido a tónica dos últimos anos, atingindo no final de Agosto um valor na ordem dos 3,6 mil milhões de euros e um saldo na balança comercial de 825 milhões.

Partilhar